Área Restrita
Destaque
VEST 2016 AGENDADO
VEST 20162 - GABARITO
CONHEÇA - CRD
NOVA PÓS-GRADUAÇÃO
ESPECIAL - IGC 3
ATHENAS NOTÍCIAS

Notícias

Acadêmicos de Farmácia montaram e testaram armadilha para o mosquito Aedes Aegypti
25/07/2016

Acadêmicos de Farmácia montaram e testaram armadilha para o mosquito Aedes Aegypti

Os alunos Gabriela Oliveira e Guilherme Castilho, do 6º período do curso de Farmácia da Faculdade do Pantanal (FAPAN) testaram uma armadilha ecológica para captura do mosquisto Aedes Aegypti, transmissor da Dengue, Chikungunya e por fim e mais recente, Zika Vírus. O aparato é feito com uma garrafa pet de 2 litros, Lixa, Fita Isolante, Micro Tule (Tecido perfurado), tesoura, comida par gato e 1kg de alpiste picado (ou arroz). O MOSQUISTO - O Mosquito Aedes aegypti mede menos de um centímetro, tem aparência inofensiva, cor café ou preta e listras brancas no corpo e nas pernas. Costuma picar nas primeiras horas da manhã e nas últimas da tarde, evitando o sol forte, mas, mesmo nas horas quentes, ele pode atacar à sombra, dentro ou fora de casa. Há suspeitas de que alguns ataquem também durante a noite. O indivíduo não percebe a picada, pois no momento não dói e nem coça. A fêmea pica a pessoa infectada, mantém o vírus na saliva e o retransmite. A transmissão ocorre pelo ciclo homem-Aedes aegypti-homem. Após a ingestão de sangue infectado pelo inseto fêmea, transcorre na fêmea um período de incubação. Após esse período, o mosquito torna-se apto a transmitir o vírus e assim permanece durante toda a vida. Não há transmissão pelo contato de um doente ou suas secreções com uma pessoa sadia, nem fontes de água ou alimento. Segundo a coordenadora do curso, Rosana Nascimento, “os alunos montaram a armadilha e testaram a mesma para demostrar, além de criar uma cartilha ensinando o procedimento a população cacerense que será distribuída nas escolas do município de Cáceres. Em nome da FAPAN, nós parabenizamos e muito o projeto dos acadêmicos.”, finalizou a docente.

[Informe] Proler 2016/2
25/07/2016

[Informe] Proler 2016/2

Sobre a Leitura Interdisciplinar, considera-se que ato de ler é algo essencial na atividade acadêmica e que o período de formação profissional deve permitir o desenvolvimento dessa habilidade. O Athenas Grupo Educacional, no seu compromisso de formar cidadãos e profissionais qualificados, pretende por meio do projeto de leitura interdisciplinar atuar em consonância com o eixo estratégico de fomento a leitura e formação, promovendo o desenvolvimento tanto em nível individual (formação de leitores), quanto acadêmico, promovendo produções técnico-científicas. Sendo assim, essa atividade tem como objetivo desenvolver as habilidades relacionadas à leitura como a compreensão, reflexão, interpretação, valorizando a aquisição de linguagens literárias, artísticas, históricas e científicas. Clique aqui e baixe o livro 01. Clique aqui e baixe o livro 02. Clique aqui e baixe o livro 03. Clique aqui e baixe o livro 04.

Dica do Coordenador: Como ser um bom Engenheiro Civil?
25/07/2016

Dica do Coordenador: Como ser um bom Engenheiro Civil?

Por Wesley de Sousa, Coordenador do curso de Engenharia Civil da FAPAN Os engenheiros são os principais atores envolvidos diretamente na pesquisa, na concepção e no desenvolvimento de cada produto que se lança no mercado, de cada edifício que se constrói nas cidades, de cada ponte, de cada estrada, de cada rua onde as pessoas passeiam a pé ou em seus automóveis. O curso de engenharia civil tem enfoque em disciplinas de matemática e física que, reforçada por conhecimentos em finanças, torna o profissional de engenharia um dos mais disputados pelo mercado de trabalho. A faculdade de Engenharia forma profissionais responsáveis juridicamente por um projeto, ou parte dele, do início ao término. Por ser um profissional, a princípio generalista, ele é plenamente adaptável em diversas áreas e campos de trabalho. Gerenciar, planejar, analisar e executar projetos que visam o bem-estar da sociedade e a proteção do meio ambiente são algumas das habilidades de um engenheiro civil. Para obter sucesso profissional, o Engenheiro Civil necessita pensar e buscar soluções criativas e econômicas para os mais diversos problemas da sociedade, baseando-se em critérios de sustentabilidade e otimização de recursos; atento aos reflexos sociais e ambientais dos seus atos e, nesse contexto, encontrar soluções que sejam adequadas no âmbito político, social, econômico e ecológico. O profissional desta área atuará com a construção civil, transportes, geotécnica e aproveitamento de recursos naturais. Confira a seguir algumas dicas para iniciar uma carreira de sucesso: Para ter sucesso na carreira de Engenheiro Civil é preciso tomar alguns cuidados, por isso confira algumas dicas que podem lhe ajudar a se tornar um profissional de sucesso: Faça o curso em uma Instituição de Ensino Superior conceituada e de credibilidade como a FAPAN, que lhe proporcione o conhecimento adequado; Dedique-se aos estudos durante toda a sua formação para somar o máximo de conhecimento possível; Procure conhecimento extraclasse tais como pesquisa, monitoria, extensão e estágios; Participe de eventos da área, como seminários, workshop e visitas técnicas; Busque experiências práticas e não obrigatórias; Se mantenha atualizado politicamente e economicamente; Busque conhecimentos extras sobre mercado e gestão; Tenha sensibilidade para programar transformações que proporcionem a melhoria na qualidade de vida das pessoas; Seja capaz de realizar projetos de inclusão social, e por fim, Crie projetos sustentáveis que utilizem novas tecnologias e materiais. Estas dicas podem lhe ajudar não apenas a se tornar um bom profissional, mas também a ser reconhecido e ter sucesso durante toda a sua carreira.

Começaram os trabalhos da Semana Pedagógica 2016
21/07/2016

Começaram os trabalhos da Semana Pedagógica 2016

De 18 à 22 de julho, a Faculdade do Pantanal (FAPAN) está realizando a tradicional Semana Pedagógica da instituição. Evento chave para a discussão de novos projetos, troca de conhecimentos, alinhamento de estratégias e diversos outros tópicos relacionados com o dia a dia acadêmico. A nova edição contou com o tema “Planejamento da Ação Pedagógica: Múltiplas Construções”, e contou com a participação de todo o corpo administrativo e pedagógico da instituição. "A Semana pedagógica começou com uma reunião administrativa presidida pelo Diretor da FAPAN, Elvys de Oliveira, além de outra reunião pedagógica, presidida por mim. Durante a semana outras atividades estão programadas, tais como Oficina da Metodologia 300, orientações sobre o Gennera e o uso das salas virtuais; Elaboração do plano de ensino, reunião por curso e elaboração de projetos interdisciplinares envolvendo os coordenadores de curso e professores. O número de professores participantes foi expressivo, demonstrando entusiasmo no campo das opiniões sobre as múltiplas ações a serem desenvolvidas. Parafraseando Tardif (2014), a formação continuada é um espaço para que os docentes possam tentar compreender melhor a si mesmo, compreender melhor como os outros vivem, em sua singularidade e em certa universalidade, e com certeza essa compreensão é um dos grandes desafios científicos, culturais, éticos e educativos da nossa época. Agradecemos a todos pela participação e empenho, pois essa prática fortalece o processo pedagógico e garante o êxito ensino e aprendizagem.”, explicou Marilza Ferreira, Coordenadora Pedagógica. O Diretor Elvys Oliveira apresentou suas impressões acerca dos trabalhos realizados. “É de fundamental importância estarmos próximos e trabalhando juntos, com o objetivo primordial de sempre prezar pela excelência operacional e buscar, cada vez mais, prestar um ótimo serviço para todos os nossos acadêmicos. O resultado da nossa semana pedagógica com certeza surtirá em muitas coisas boas para a FAPAN.”, finalizou o Docente.

[Artigo] O Terceiro Setor e sua importância na sociedade
19/07/2016

[Artigo] O Terceiro Setor e sua importância na sociedade

Por Dirceu Siqueira, Coordenador do curso de Administração O triângulo da atuação da Administração é composto pelos pilares do Primeiro, Segundo e Terceiro setor. Onde temos o Primeiro Setor como sendo a terminologia que se refere ao setor público considerando o Estado/Governo, também conhecido como setor não produtivo. O Segundo Setor é composto pelas entidades da sociedade civil sendo as empresas privadas e o Terceiro Setor é o conjunto de entidades da sociedade civil com fins públicos e não lucrativos, ou seja, dando ênfase na participação voluntária como exemplo as Organizações Não Governamentais - Ong’s e Clubes de Serviços. O terceiro setor é um termo usado para referenciar um conjunto de sociedades privadas que atuam sem fins lucrativos e que atua com exclusividade na atividades de utilidade pública. Entre as organizações que fazem parte do Terceiro Setor, podemos citar principalmente as ONGs (Organizações Não Governamentais) e OSCIPs (Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público). Porém, outra característica de suma importância é que essas organizações podem contar com uma boa quantia de mão-de-obra de pessoas voluntárias que não recebem para trabalhar. Por outro lado esse segmento empresarial presta serviços para pessoas carentes que não podem contar e nem contratar serviços do setor privado. O terceiro setor é mantido com recursos de doações de empresas e pessoas físicas e também com repasse de verbas públicas e o seu objetivo central é a melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Acadêmicos de Engenharia Civil realizaram apresentação de Seminários
14/07/2016

Acadêmicos de Engenharia Civil realizaram apresentação de Seminários

No período de avaliações finais (A4) da Faculdade do Pantanal (FAPAN), acadêmicos do 1º período do curso de Engenharia Civil realizaram a apresentação de seminários avaliativos da prova que encerra o final do semestre. “Foram constituídos vários grupos e cada um ficou responsável por explanar e apresentar aos demais colegas o passo a passo construtivo de um dos diversos ramos de atuação em obras do engenheiro civil, através de slides, vídeos, trabalho de pesquisa impresso e até mesmo usando maquetes dos tipos de construção. Foi de suma importância o empenho de todos os alunos em fazer uma boa apresentação para os demais.”, explicou o Coordenador do curso, Wesley de Sousa Lopes. Lopes ainda fez considerações finais acerca da finalização dos trabalhos. “É nosso papel instigá-los sobre a importância da pesquisa de alguns tipos de obra, assim como métodos construtivos. Através disso, no decorrer do curso, eles poderão ir assimilando cada disciplina estudada à necessidade de conhecimento para se chegar a execução daquela ou de qualquer outra obra de engenharia. Outro fator importante é inserir os discentes já no início do curso na prática de apresentação de trabalhos em público, desenvolvendo a oratória, a perca de timidez, a postura e a dinâmica de trabalhos em grupo, o que vai ser essencial e necessário no final do curso e na defesa do TCC. São competências que eles irão usar pelo resto da vida no mercado de trabalho.”, finalizou o Docente.

11/07/2016

[Artigo] Benchmarking Interno: Uma Ferramenta de Gestão para Melhoria Contínua do Processo Educaci...

Por Dirceu Siqueira, Coordenador do curso de Administração As ferramentas de Gestão Empresarial assessoram os administradores nos processos decisórios possibilitando direções à tomada de decisão. Dentre as ferramentas administrativas, destaca-se o benchmarking que é caracterizado como um processo conduzido por uma organização para o emprego de boas práticas reconhecidas de um segmento de mercado. Cabe aos gestores ter um olhar dinâmico e sistemático para dentro de sua empresa e buscar aprender com outras práticas que foram aplicadas em outras empresas a fim de fazer uma analogia e posterior melhoramento de seu processo gerencial. O objetivo deste artigo é mostrar a utilidade da ferramenta benchmarking num processo interno para o que sistema possa ser utilizado em boas práticas de um setor e tornar melhor os métodos administrativos da gestão/escola. Essa ferramenta é aplicada para a melhoria contínua do processo educacional. Dirceu disse que gestores que utilizam ferramentas administrativas sobressaem sobre gestões engessadas e ultrapassadas. O benchmarking é então uma ferramenta gerencial na qual os administradores buscam as melhores práticas de uma empresa e transformam tais práticas em melhoria contínua. SOBRE O AUTOR - É Professor e Coordenador do Curso de Administração da FAPAN. Graduado em Administração pela Universidade Norte do Paraná (UNOPAR, 2007). Tem experiência na área de Administração, com especialização em Gestão Estratégica de Negócios, e especialização em Docência no Ensino Superior. É técnico em Contabilidade com habilitação plena nos conselhos das classes CRA/MT e CRC/MT. Clique aqui e acesse o artigo completo.

05/07/2016

Curso de Engenharia Civil participou da 6ª Conferência das Cidades

No último dia 23 de junho, acadêmicos e coordenação do curso de Engenharia Civil da Faculdade do Pantanal (FAPAN) participaram da sexta edição da Conferência das Cidades, ocupando as dependências da sede do SESI Clube, em Cáceres (MT). O evento, que é organizado pelo município, foi aberto para moradores da cidade, representantes de bairros, profissionais, empresários locais, lideranças e representantes políticos. Para a 6ª edição foi escolhido o tema “Função Social da Cidade e da Propriedade”, visando a expressividade do interesse coletivo. A etapa municipal é uma fase preparatória para as conferências estaduais e nacionais, com o foco de fortalecer e estimular a participação social, contribuindo para o avanço das Políticas Públicas de Desenvolvimento Urbano, construídas em espaço democrático de diálogo com a sociedade civil. O Coordenador do curso, Wesley de Sousa Lopes, dissertou sobre a importância do evento nos âmbitos sociais, acadêmicos e profissionais. “A Conferência desempenha um papel importante e fundamental na formulação e gestão da Política Nacional de Desenvolvimento Urbano, constituindo elemento de convergência dos mais diversos segmentos sociais na construção de uma governança democrática e participativa. O grande desafio da conferência é discutir estratégias para o Sistema Nacional de Desenvolvimento Urbano. Por isso a população é a grande protagonista do evento, para apresentar suas sugestões de como melhorar sua cidade e assim exercer seu papel de cidadão participando das decisões para o avanço e crescimento da cidade. Na oportunidade, os acadêmicos foram elogiados pelo interesse nos assuntos que abordam os problemas do município e que farão parte do seu dia-a-dia futuramente como profissionais, onde os mesmos terão a oportunidade de colaborar para sanar vários dos problemas discutidos, tais como Habitação, Saneamento, Mobilidade & Acessibilidade, Gestão Urbana & Controle Social, além da Regularização Fundiária.”, finalizou Lopes.

04/07/2016

Conclusão de inscrição dos pré-selecionados tem novo prazo e pode ser feita a partir do dia 15

A Secretaria de Educação Superior (Sesu) do Ministério da Educação decidiu alterar para o dia 15 próximo o início do prazo para conclusão da inscrição dos estudantes pré-selecionados no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para contratação do benefício referente ao segundo semestre deste ano. A prorrogação foi motivada por ajustes necessários na fórmula de cálculo para adaptação do sistema à mudança de faixa renda, de 2,5 para três salários mínimos. A mudança no prazo de inscrição não compromete o processo de financiamento. O Fies teve 294 mil inscritos entre os dias 24 e 29 de junho último. A consulta ao resultado do Fies e mais informações estão disponíveis no portal do programa na internet. O Edital nº 64/2016, da Secretaria de Educação Superior (Sesu) do MEC, que tornou público o cronograma e demais procedimentos relativos ao processo seletivo do Fies referente ao segundo semestre deste ano, foi publicado no Diário Oficial da União do dia 17 de junho. Nesta sexta-feira, 1º de julho, foi publicado no Diário Oficial da União oEdital da Sesu nº 65/2016, com a alteração da data de conclusão das inscrições pelos convocados na chamada única. Fonte e imagens: Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Educação (MEC).