Área Restrita

Curso de Odontologia firma parceria com a Secretária Municipal de Saúde

09/11/2017
Notícias
Graduação

Desde maio de 2017, os acadêmicos de Odontologia da Faculdade do Pantanal, juntamente com funcionários da Secretaria Municipal de Saúde, estão realizando o Projeto Sorriso no Campo. Para 2018, a parceria firmada vai levar o projeto para atuar nos postos de saúde que realizam atendimento primário e secundário de saúde. Ou seja, são locais onde não possuem o serviço odontológico municipal, em especial na zona rural. Principalmente a zona rural.

 

A intenção do projeto é contribuir para que a população atendida desenvolva hábitos saudáveis, prevenindo e evitando doenças bucais. Dessa forma, o projeto vai promover maior qualidade de vida e bem-estar social para a população matogrossense, pois a saúde bucal interfere diretamente em todo o bem-estar do indivíduo.

 

Projeto Sorriso no Campo: como funciona?

“Em um primeiro momento realizamos a educação em saúde através de palestras e levantamento epidemiológico com os acadêmicos sob supervisão do professor. O público alvo são crianças de idades escolares e realizamos este levantamento através do índice de CPOD (dentes cariados, perdidos ou obturados)”, contou o coordenador do curso, Prof. Eduardo Garcia. As escolas da zona rurais atendidas, estão situadas nos povoados: Vila Sadia, Vila Aparecida, Limão, Pé de Anta e Linhão.

 

Através do diagnóstico, com os índices obtidos, classificam as crianças em baixo, médio e alto risco. Através disso, em um segundo momento, a Secretaria Municipal de Saúde pode buscar essas crianças, para realizar o atendimento em Cáceres, no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO). Dando prioridade as crianças de alto risco que necessitam de intervenção imediata. “Em um terceiro momento retornamos as localidades para realizar, com os acadêmicos, uma adequação do meio bucal através de remoção de cárie com instrumentos cortantes, como curetas e restaurações com cimento de ionômero de vidro. Esta técnica conhecida como ART”, complementou o coordenador.

 

O tratamento ART é realizado no ambiente em que as crianças frequentam para que, quando elas forem para Cáceres ser atendidas, já estarão mais tranquilas e dispostas a receber o tratamento odontológico. Esta é uma técnica própria para ser utilizada em locais onde não se possui o ambiente propício para o atendimento odontológico.

 

A Fapan, em especial o corpo docente de Odontologia, agradece a Secretária Municipal de Saúde pela parceria. Nossa formação acadêmica é baseada nas metodologias ativas, com o objetivo de alinhar a prática e a teoria. Formando profissionais mais preparados para o mercado de trabalho. E que, através dessas ações sociais, colaborem com o desenvolvimento e melhoria do bem-estar da população local. 

Veja Também

17/02/2012
Institucional

desemprego-em-janeiro-e-o-menor-desde-2003-aponta-ibge

A taxa de desemprego de janeiro foi de 5,5%, a menor para o mês de janeiro desde o início da série (março de 2002). Os dados são da PME (Pesquisa Mensal de Emprego), divulgada nesta sexta-feira (17) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Na relação com dezembro, quando a taxa verificada foi de 4,7%, houve alta de 0,8 ponto percentual. Já na comparação com janeiro de 2011 (6,1%), houve recuo. O número de pessoas desocupadas foi de 1,3 milhão de pessoas e cresceu 15,9% no confronto com dezembro (mais 180 mil pessoas procurando trabalho). Frente a janeiro do ano passado, recuou -7,7% (menos 110 mil). A população ocupada somou 22,5 milhões, queda...

28/10/2013
Graduação

comissao-propria-de-avaliacao-20132-administracao

Administração   1º Período - Prof. Abilio Maldonado Quina- Prof. Márcia Elizabete Machado de Lima- Prof. Maria José da Silva- Prof. Luis Eduardo Ferreira   2º Período - Prof. Abilio Maldonado Quina- Prof. Daniel de Moraes- Prof. Miguel Castrillon Migales- Prof. Gledson Nilton Emiliano- Prof. Joana Ancila Pessoa Forte   3º Período - Prof. Luis Eduardo Ferreira- Prof. Claudia Alves Perez Ribeiro- Prof. Léo Manoel Lopes da Silva- Prof. Zenaide Silva Ferreira- Prof. Dirceu Luiz da Silva Siqueira- Prof. Luciane Peixoto Pinto 4º Período - Prof. Daniel de Moraes- Prof. Gledson Nilton Emiliano- Prof. Marco Aurélio Cavalcante- Prof. Jeison Batista de Almeida- Prof. Gustavo...

Pós-Graduação

Psicopedagogia Clínica e Institucional

Público-alvo Pedagogos, psicólogos, fonoaudiólogos, professores e licenciados de todas as áreas da educação.   Objetivos Formar um especialista ético e reflexivo, com capacidade de realizar pesquisas na área e adotar uma escuta clínica com competência e habilidades para atuar como psicopedagogo nos diversos contextos sociais em dois enfoques: Clínico e Institucional, sendo o primeiro a atuação psicopedagógica clínica por meio do diagnóstico, da intervenção, da orientação (individual, grupal, familiar) nas questões que envolvem a aprendizagem humana. Já a institucional tem atuação preventiva do psicopedagogo na comunidade (ONGs, hospitais, empresas, creches...

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem