Área Restrita

Curso de Odontologia firma parceria com a Secretária Municipal de Saúde

09/11/2017
Notícias
Graduação

Desde maio de 2017, os acadêmicos de Odontologia da Faculdade do Pantanal, juntamente com funcionários da Secretaria Municipal de Saúde, estão realizando o Projeto Sorriso no Campo. Para 2018, a parceria firmada vai levar o projeto para atuar nos postos de saúde que realizam atendimento primário e secundário de saúde. Ou seja, são locais onde não possuem o serviço odontológico municipal, em especial na zona rural. Principalmente a zona rural.

 

A intenção do projeto é contribuir para que a população atendida desenvolva hábitos saudáveis, prevenindo e evitando doenças bucais. Dessa forma, o projeto vai promover maior qualidade de vida e bem-estar social para a população matogrossense, pois a saúde bucal interfere diretamente em todo o bem-estar do indivíduo.

 

Projeto Sorriso no Campo: como funciona?

“Em um primeiro momento realizamos a educação em saúde através de palestras e levantamento epidemiológico com os acadêmicos sob supervisão do professor. O público alvo são crianças de idades escolares e realizamos este levantamento através do índice de CPOD (dentes cariados, perdidos ou obturados)”, contou o coordenador do curso, Prof. Eduardo Garcia. As escolas da zona rurais atendidas, estão situadas nos povoados: Vila Sadia, Vila Aparecida, Limão, Pé de Anta e Linhão.

 

Através do diagnóstico, com os índices obtidos, classificam as crianças em baixo, médio e alto risco. Através disso, em um segundo momento, a Secretaria Municipal de Saúde pode buscar essas crianças, para realizar o atendimento em Cáceres, no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO). Dando prioridade as crianças de alto risco que necessitam de intervenção imediata. “Em um terceiro momento retornamos as localidades para realizar, com os acadêmicos, uma adequação do meio bucal através de remoção de cárie com instrumentos cortantes, como curetas e restaurações com cimento de ionômero de vidro. Esta técnica conhecida como ART”, complementou o coordenador.

 

O tratamento ART é realizado no ambiente em que as crianças frequentam para que, quando elas forem para Cáceres ser atendidas, já estarão mais tranquilas e dispostas a receber o tratamento odontológico. Esta é uma técnica própria para ser utilizada em locais onde não se possui o ambiente propício para o atendimento odontológico.

 

A Fapan, em especial o corpo docente de Odontologia, agradece a Secretária Municipal de Saúde pela parceria. Nossa formação acadêmica é baseada nas metodologias ativas, com o objetivo de alinhar a prática e a teoria. Formando profissionais mais preparados para o mercado de trabalho. E que, através dessas ações sociais, colaborem com o desenvolvimento e melhoria do bem-estar da população local. 

Veja Também

24/06/2016
Graduação

Acadêmicos de Ciências Contábeis apresentaram projeto de Monografia

No último dia 18 de junho, acadêmicos do 7º período do curso de Ciências Contábeis da Faculdade do Pantanal (FAPAN) participaram das bancas de qualificação dos projetos de monografia, através dos trabalhos da disciplina “Trabalho de Curso I”. As bancas de avaliação dos projetos aconteceram nas dependências da faculdade, em sessão aberta ao público, no último sábado, entre as 08h e 13h. A apresentação dos projetos foi avaliada por bancas, compostas de três membros, (um orientador e dois avaliadores), conforme regulamento FAPAN. Participaram das atividades a Coordenadora do curso, Claudia Perez, e os docentes Ávila Barretto, Elisandra Loffler, Enézio Mariano, Mayk Souza...

02/04/2013
Institucional

mec-desenvolve-plataforma-nacional-digital-da-educacao-

Investimento será feito inicialmente para o Ensino Médio O Ministério da Educação (MEC) está elaborando, em conjunto com secretarias, organizações sem fins lucrativos e empresas, uma plataforma nacional digital para a educação básica. A ideia é que ela ofereça aulas digitais estruturadas, com objetos de aprendizagem variados (vídeos, textos e jogos), e um conteúdo esquematizado - mas de modo com que cada rede ou escola organize seu currículo. A plataforma começou a ser pensada em fevereiro e deve ser lançada no início do ano que vem. A ideia é de que as aulas digitais tenham níveis de complexidade, para que alunos em diferentes fase de evolução possam escolher o...

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem